Todos os dias são dias da Mulher – 8 de Março é historicamente especial

2017-03-31

A UMAR-Açores, Associação Para a Igualdade e Direitos das Mulheres, homenageou mais uma vez todas as mulheres, em especial as açorianas micaelenses com a pintura de um mural – situado em Ponta Delgada na artéria que dá acesso ao Porto da respetiva cidade – onde se destaca uma «fénix» renascida do mundo e para o mundo, com umas imensas asas, coloridas, intensas, destacando-se as palavras «mulheres e vitoriosas»


Complementam esta pintura, um excerto da autoria de Maria Teresa Horta, figura conhecida e reconhecida defensora dos direitos das mulheres.
A criação e autoria de deslumbrante mural é da Associação 9Circos, que de forma generosa e grandiosa desenvolveram parceria com a UMAR-A, na procura da Igualdade e na valorização do Género feminino. A todos eles e elas, registamos, publicamente o nosso reconhecido agradecimento.
Neste mesmo dia a UMAR-A, participou e desenvolveu ações de sensibilização na Ribeira Grande, parceria recente com a AJRG – Associação da Juventude da Ribeira Grande, que dentro do seu leque de ações pretende levar a cabo inúmeras atividades de promoção no âmbito da Igualdade de Género no seio do seu concelho. De relembrar, que a UMAR-A, desenvolve ação, através do seu Gabinete SOS- Mulher, desde 2008, no concelho citado.
A UMAR-A, participou e colaborou também com RAIMSR – Rede de Apoio Integrado à Mulher em Situação de Risco – na tertúlia agendada para a tarde de 8 de Março, denominada de «Chá da Igualdade», ação concebida para técnicos e técnicas de demais IPSS, Associações e Serviços, que com esta Rede têm parceria.
No domingo, 12 do corrente a UMAR-Açores, foi convidada a estar presente na partida da meia-maratona que ligou a Ribeira Grande a Ponta Delgada, assim como na caminhada da Mulher, que teve lugar pelas ruas principais da cidade da Ribeira Grande. Esta foi uma parceria da CMRG e Liberty Seguros. Ambas obsequiaram a UMAR-A com uma simbólica percentagem das inscrições de todos/as os/as atletas a fim da mesma ser atribuída ou aplicada junto das utentes desta Associação que apresentam profundas necessidades.
Sendo este também o mês da poesia, cito Natália Correia na Ode à Paz «Pelo amor, pela liberdade, pelas coisas radiantes…Pelas entranhas maternas e fecundas da terra…Abre as portas da História, deixa passar a Vida!».
É preciso lutar, sempre, liberta-te todos os dias, conquista o teu espaço, é um dever de cidadania, um novo paradigma das relações de género se avizinha.
|| Maria José Raposo
Asas da Igualdade 30 de Março, Açoriano Oriental

 Ver galeria de fotos



ABRIL 2017
D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

GALERIA DE FOTOS

UMAR


Mulheres na Pesca